O poder da cooperação do grupo para o bem comum

Cada pequeno detalhe conta e acrescenta. Nesse sentido, está ocorrendo entre a população um efeito de “contágio de boas ações”, pois cada vez mais pessoas desejam contribuir com o que podem.
A cooperação em grupo é um dos aspectos essenciais na situação em que nos encontramos. Ela nos impulsiona e nos motiva a alcançar um objetivo comum: superar a COVID-19 e mitigar suas consequências. Poderíamos definir a cooperação como o resultado de um procedimento, ou estratégia, desenvolvido por grupos de pessoas ou instituições que compartilham o mesmo interesse.
No processo de cooperação em grupo, geralmente são usados métodos colaborativos que facilitam a consecução do objetivo comum. Em outras palavras, os esforços são alinhados para alcançar o objetivo desejado e reduzir os possíveis efeitos negativos de uma possível ameaça.
No caso atual, a pandemia de COVID-19 é uma situação alarmante, que requer a união e a solidariedade de todos os cidadãos para superá-la o mais rápido possível.
É hora de remar na mesma direção, de cooperar entre si. A solidariedade e a ajuda mútua devem prevalecer sobre todo o resto.

A cooperação em grupo é um antídoto para a COVID-19

O Grupo dos 20 (G20) de Ministros das Finanças e Governadores do Banco Central foi criado em 1999 para reunir as economias industrializadas, e em desenvolvimento, mais relevantes com o intuito de discutir questões-chave na economia global.
Em caso de crises internacionais, o G20 desempenha um papel crucial para lidar com as suas consequências.
A Arábia Saudita, que detém a Presidência do Grupo dos 20 (G20) este ano, convocou uma Cúpula “virtual” de líderes após o aparecimento da COVID-19.
O objetivo da Cúpula foi definir ações coordenadas para mitigar as consequências da COVID-19 sobre a saúde, o que inclui resguardar a situação econômica internacional. Todos os líderes concordaram em promover uma resposta global coordenada a esta crise, sustentada pela cooperação.
Portanto, o G20 é uma plataforma para estabelecer redes de cooperação entre as organizações internacionais, assim como uma ferramenta para compartilhar experiências e informações sobre medidas eficazes e, assim, estabelecer compromissos que mantenham a disponibilidade dos recursos necessários para atender a situação.
Tenhamos em mente que a cooperação internacional de grupos é vital, se queremos mitigar a disseminação do vírus.

Dose de solidariedade e ajuda mútua

Como organizações internacionais e especialistas no campo indicam, é hora de remarmos na mesma direção, em direção a um objetivo comum. Nesse contexto, é importante que todos façamos a nossa parte e colaboremos com o objetivo final: o bem comum.
Podemos ouvir o eco da colaboração através de gestos e doações de vários setores. Existem muitos profissionais (psicólogos, psiquiatras, professores…) que, de suas casas, estão oferecendo ajuda a quem precisa. Por sua vez, a lista de empresas e pessoas que fazem doações, tanto financeiras quanto materiais, é cada vez maior.
Além disso, a solidariedade e a colaboração de cada dia são cada vez mais notáveis:

  • pessoas que se dedicam a fazer máscaras,
  • vizinhos que fazem compras para idosos,
  • aplausos das varandas para reconhecer o trabalho dos profissionais de saúde,
  • estudantes que se oferecem para tomar conta de crianças…

O espírito das boas ações é contagioso

Tenhamos em mente que todo gesto, todo pequeno detalhe, conta e acrescenta. Nesse sentido, está ocorrendo entre a população um efeito de “contágio de boas ações”, pois cada vez mais pessoas desejam contribuir com o que podem. Estamos nos unindo e aumentando a necessária e essencial cooperação em grupo – “juntos podemos enfrentar isso”.
Se há uma coisa que podemos ver claramente, nestes tempos difíceis para todos, é a bondade e a boa vontade dos seres humanos.
Somos seres extraordinários e demonstramos isso dia após dia, através de inúmeros atos de solidariedade e compreensão. Esta é a lição mais valiosa que a complexa situação que estamos enfrentando está nos ensinando.
A cooperação em grupo é o ingrediente mais poderoso para superar com sucesso as maiores dificuldades, para reagir como um grupo unido e não apenas como indivíduos.

Fonte: A mente é maravilhosa