INICIAL

Notícias Contato Consultor Publicidade Cadastre-se Mapa do Site

Mulher


Saúde

Psicologia

Cultura

Beleza

Moda

Esportes

Espiritualidade

SExualidade


Profissional


 Trabalho
Comportamento
Marketing Pessoal
Motivação

Dona de Casa


Decoração

Imóveis

Jardinagem

Manutenção

Finanças

ARTIGOS & LINKS
Dicas
Receitas

Finanças


Em Família


Filhos

Educação

Festas


Na Sociedade


Comportamento

Direitos

Entretenimento

Etiqueta

Filantropia

Turismo


Variedades


Lojas Virtuais

Tudo na Internet

Pets

Links


Agradecemos

sua visita


 

SOJA, UM SUPER-ALIMENTO

 

          Conhecida há mais de 5000 anos, no Oriente, a soja, nas últimas décadas, tornou-se um produto bastante conhecido sendo o seu consumo incentivado

          A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, considera que a propriedade funcional de um alimento é aquela relativa ao papel metabólico ou fisiológico que o nutriente tem no crescimento, desenvolvimento, manutenção e outras funções normais do organismo humano.

          Devido às suas propriedades nutritivas e os benefícios médicos, (propriedades nutracêuticas), a importância dos alimentos funcionais cresce a cada dia. Os benefícios desse tipo de alimento, segundo os especialistas, ocorrem no futuro. Ou seja, quem basear sua alimentação nesse tipo de alimento, terá mais chances de não ser acometido por diversas doenças e males no futuro.
          A soja, por exemplo, ajuda a prevenir problemas cardiovasculares, por que seu consumo permite uma maior

retirada do LDL, o chamado colesterol ruim, da corrente sanguínea. Além disso, estudos mostram que a soja propicia a diminuição dos níveis de triglicérides e um pequeno aumento dos níveis de HDL, conhecido como colesterol bom.

          A soja e alguns de seus derivados tornaram-se conhecidos como "alimentos completos".
          Deve-se saber, no entanto, que nenhum alimento por si só pode ser considerado completo pois, não possui a variedade de nutrientes de que necessitamos diariamente.
          A soja é uma planta pertencente à família das leguminosas, ou seja, do feijão, lentilha, grão de bico, ervilha e, destaca-se por ser rica em proteínas, lipídeos (gordura), fibras e algumas vitaminas e minerais.
          Contém, também, uma classe de fito-hormônios (hormônio de origem vegetal) conhecidos como isoflavonas ou isoflavonóides.
          Estudos indicam que tais substâncias atuam como um elemento anti-oxidante reduzindo as taxas do colesterol ruim (LDL) no sangue e, conseqüentemente, diminuindo o risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.
                   As mulheres são as principais beneficiadas com o consumo de soja. As isoflavonas, presentes nas proteínas deste alimento, ajudam a preservar a massa óssea e redução dos sintomas associados à menopausa, como ondas de calor. Outra característica ligada à soja é a diminuição da probabilidade de se desenvolver câncer. Diversos pesquisadores ainda analisam a eficácia da soja na prevenção dessa doença. Entretanto, alguns fatores levam a crer que o consumo de soja pode gerar resultados positivos.

          Em países asiáticos, onde consumo de soja é alto, a taxa de câncer de mama é de cinco a oito vezes mais baixa em relação aos outros países.
 

Onde encontrar a soja?

          NO TOFU (QUEIJO DE SOJA:)

          O tofu, que é a forma mais facilmente digerível pelo organismo, da proteína de soja e da isoflavona.
          A indústria alimentícia oferece diversas opções de produtos que agregam valor nutricional ao dia-a-dia do consumidor. Muitos desses produtos têm a soja como principal ingrediente. É o caso de bebidas de soja, barras de cereais, produtos que imitam carne e até sorvetes.
          Os produtos à base de soja são feitos a partir de proteínas que podem ser: texturizadas, concentradas e isoladas. A diferença entre os tipos está na concentração de proteína pura da soja. As isoladas são as com os índices mais altos, superior a 90%. Também não contém colesterol e lactose. A concentrada possui pelo menos 65% de proteína e altos índices de fibras e a texturizada apresenta, no mínimo, 52% de proteína.
          Além desses produtos, atualmente existem diversas receitas práticas e saborosas que permitem a preparação de pratos à base de soja em casa.

          O fato de ser industrializada também influencia, visto que, conforme o tipo de processamento do produto pode haver uma perda maior ou menor do fito-hormônio. Outros alimentos como cereais (especialmente o trigo integral e a cevada), feijões, semente de linhaça, alho, brócolis, repolho e frutas cítricas também contém o hormônio vegetal, no entanto, em quantidades inferiores à da soja.

          Assim, pode-se concluir que a soja deve ser incluída na alimentação não somente pelas possíveis vantagens que ela pode nos trazer mas, principalmente, pelo fato de ser mais uma opção de alimento rico em diversos nutrientes e que contribuirá para a diversificação da alimentação diária contribuindo, do ponto de vista nutricional, para a saúde.

 


 

Conheça na lista abaixo os principais derivados da soja:

- Óleo de Soja: é um dos tipos de óleo mais consumido no mundo.

- Farelo de Soja (resíduo proveniente da extração do óleo): pode ser utilizado como alimento para animais, visto que contém de 40 a 55 % de proteína.

- Farinha de Soja: pode ser usada na indústria alimentícia para enriquecer pão, biscoito, macarrão, produtos infantis, misturas para sopas.

- Concentrado e isolados protéicos de soja: são mais caros que a farinha e sua aplicação restringe-se aos produtos ela não pode ser empregada.

- Proteína texturizada de soja (PTS): pode ser obtida por "extrusão" e por "fiação". No primeiro caso, a PTS apresenta teores mais baixos de proteínas sendo utilizadas no preparo de hambúrgueres, bolinhos de carne e outros produtos cárneos. No segundo tipo, ela apresenta elevado teor de proteína e é utilizada na fabricação de produtos semelhantes à carne (bife), presunto, entre outros, devido à sua estrutura fibrosa mais definida.

- Extrato protéico de soja (leite de soja): é um alimento que possui a aparência muito semelhante ao leite de vaca. Pode ser encontrado na forma líquida ou em pó. Em geral, são aromatizados.

- Queijo de soja (tofu): elaborado a partir do leite de soja apresenta cerca de 135 calorias em 100 g e cerca de 12,5 g de proteína.

- Missô (pasta de soja) e shoyu (molho de soja): basicamente são usados como temperos na culinária oriental

- Soja torrada: possui a aparência de um amendoim torrado e pode ser consumida como tal.


Agora aproveite para cuidar da sua saúde saboreando alguns dos pratos da cozinha da Dona Con. Confira a seguir as delícias cujas receitas ela oferece para você nesse pacote.
 

Tofu -

Queijo de Soja

Almondegas

de Soja

cereais

com kinano

bolo de laranja

com farinha de soja

 
Conheça a premiação recebida pelo Mulher de Classe

Fale direto

com toda Mulher de Classe

Clique AQUI.

Escolha o assunto. Lá estará uma

Mulher

de Classe

INFORME-SE.

Mercado qualificado?

Mulher

de Classe

é o principal.

CONHEÇA.

Informação,

sensibilidade

e muito bom gosto. Tudo

reunido numa

Mulher

de Classe

DECIDA JÁ.

Relação entre custo/benefício

é padrão na

Mulher

de Classe

FALE COM ELA!

Seja profissional,

estudante ou dona de casa, ela sempre será

Mulher

de Classe

FALE COM ELA!