Faça de 2011 o seu ano novo.

Levante a cabeça, acredite,
vá em frente e vença a fera.
Você pode!

Aqui você encontra muitas dicas.

INICIAL

Consultor
Notícias

Cadastre-se

Contato

Publicidade

Mapa do Site


Mulher


Saúde

Psicologia

Cultura

Beleza

Moda

Esportes

Espiritualidade

SExualidade


Profissional


 Trabalho
Comportamento
Marketing Pessoal
Motivação

Dona de Casa


Decoração

Imóveis

Jardinagem

Manutenção

Finanças

ARTIGOS & LINKS
Dicas
Receitas

Finanças


Em Família


Filhos

Educação

Festas


Na Sociedade


Comportamento

Direitos

Entretenimento

Etiqueta

Filantropia

Turismo


Variedades


Lojas Virtuais

Tudo na Internet

Pets

Links


Agradecemos

sua visita


 

O QUE SÃO MICROONDAS?

 

          São ondas eletromagnéticas de alta freqüência, não ionizantes. Não são fontes de calor, mas de energia. No forno microondas a energia elétrica é convertida em microondas através de uma válvula chamada magnetron.  São refletidas pelos metais, assim como a luz é refletida no espelho. Por isso, os utensílios de alumínio não devem ser utilizados.

          São transmitidas ou refratadas quando conseguem atravessar os materiais da mesma forma que a luz atravessa um vidro. São absorvidas pelos alimentos assim como um corpo escuro absorve a luz. Esta absorção causa o aquecimento.

          As microondas penetram cerca de 2,5 a 4 cm dentro do alimento; mais para o centro o calor é levado por condução. A energia da onda passa para as moléculas de alimento, fazendo-as vibrar; o atrito entre as moléculas gera calor e é este calor que faz os alimentos cozinharem.

 

SEGURANÇA DE UM FORNO MICROONDAS

          As microondas não têm energia suficiente para alterar a estrutura molecular de células e tecidos. No entanto, se fosse possível as microondas escaparem do forno, elas poderiam provocar queimaduras da mesma forma que são capazes de cozinhar os alimentos. Por este motivo, os projetos de segurança dos microondas são altamente especializados. Os fornos são equipados com várias chaves de segurança que nos permitem usá-los sem nenhum risco. Porém, podemos tomar cuidados que evitem vazamentos, como por exemplo nunca ligar o forno vazio, nunca ligar o forno com objetos presos na porta; observar sempre se a porta ou dobradiças apresentam alguma anormalidade; manter sempre limpos o batente e a porta.

 

UTENSÍLIOS QUE PODEM SER USADOS NO MICRO ONDAS

          Podem ser usados vidros, cerâmicas e porcelana refratários, em cozimentos longos, rápidos ou apenas para aquecimentos, desde que não possuam filetes ou desenhos metálicos.

          Use apenas plásticos rígidos, filme e sacos plásticos próprios para microondas, que não liberam toxinas quando aquecidos. Papel manteiga, papel toalha, guardanapos de papel, pratos de papelão, são práticos para cobrir ou reaquecer alimentos. Recipientes de barro podem ser usados desde que não contenha resíduos ferrosos, madeira, palha, vime: podem ser usados para aquecimentos rápidos.

          Não utilize utensílios metálicos (inox, ágata, esmaltado, alumínio), arame plastificado, cerâmica não vitrificada, plásticos resistentes, cristais. 0 papel alumínio pode ser utilizado em pequenas quantidades para proteger porções delicadas do alimento.

 

TÉCNICAS DE PREPARO

          Devemos observar alguns fatores: alimentos com membranas ou peles devem ser furados quando forem cozidos inteiros, possibilitando a saída do vapor, evitando o rompimento da membrana, que poderia estourar o alimento, os mesmos devem ser mexidos da borda para o centro sempre que necessário, para unificar o calor.

          Alguns alimentos necessitam ser virados durante o cozimento para assegurar uma distribuição de calor uniforme. Proteja as partes dos alimentos que atraem mais energia, tais como as extremidades de uma carne assada, com tirinhas de papel alumínio, alguns molhos e temperos usados para dar maior coloração não afetam a qualidade do alimento, mas realçam sua cor e sabor. Use molho inglês, molho de soja (shoyo), páprica, sopa de cebola desidratada, grill, colorau etc...

          Pequenos pedaços cozinham mais rápido do que os grandes. Quantias maiores de alimento terão cozimento mais lento que as quantias menores, formatos uniformes cozinham por igual no micro ondas. Para formatos irregulares, coloque sempre o lado mais fino voltado para o centro do recipiente.
Os alimentos congelados ou refrigerados levam mais tempo para cozinhar do que aqueles que se encontram na temperatura ambiente. Alimentos gordurosos podem cozinhar mais rapidamente e passar do ponto. Os ossos conduzem o calor e também causam um cozimento mais rápido da carne onde estão perto.

          Alimentos menos densos e porosos cozinham mais rapidamente do que os compactos.

          Para evitar que a umidade dos alimentos se evapore, utilize diferentes tipos de tampas: de vidro, pratos, papel impermeável, plásticos especiais, papel toalha e outros.

          Os recipientes recomendáveis para uso geral são os de formas arredondadas pois captam energia de todos os lados.

O tempo de espera é uma importante técnica no processo de cozimento. Os alimentos armazenam calor no seu interior e o cozimento continua  mesmo depois de retirados do forno de microondas. Cada alimento apresenta um determinado tempo de espera.