INICIAL

Notícias Contato Consultor Publicidade Cadastre-se Mapa do Site

Mulher


Saúde

Psicologia

Cultura

Beleza

Moda

Esportes

Espiritualidade

SExualidade


Profissional


 Trabalho
Comportamento
Marketing Pessoal
Motivação

Dona de Casa


Decoração

Imóveis

Jardinagem

Manutenção

Finanças

ARTIGOS & LINKS
Dicas
Receitas

Finanças


Em Família


Filhos

Educação

Festas


Na Sociedade


Comportamento

Direitos

Entretenimento

Etiqueta

Filantropia

Turismo


Variedades


Lojas Virtuais

Tudo na Internet

Pets

Links


Agradecemos

sua visita


Cuidados estéticos na gravidez

 

Durante a gestação, o organismo da mulher sofre algumas alterações importantes, visando o bem estar do bebê que está por vir.

Um grande número de futuras mamães têm perguntas sobre os cuidados estéticos no período gestacional, dúvidas sobre o que se pode fazer e sobre o que está contra-indicado e as diferenças entre os trimestres da gravidez.

Este artigo busca esclarecer alguns pontos fundamentais.

Nesta fase, a mulher, além de estar sensível e suscetível a alterações psicológicas, experimenta muitas mudanças estruturais em seu corpo.

Devido ao elevado nível de cobrança pela beleza estética e o concorrido mercado de trabalho, as grávidas passaram a se cuidar mais e a se preocupar com cuidados estéticos desde os primeiros momentos da gravidez até após o parto.

Durante a gravidez, os cuidados resumem-se à: sessões de drenagem linfática, hidratação corporal, limpeza de pele e hidratação facial.

No pós-parto, após o período da amamentação os tratamentos convencionais estão liberados.

O primeiro trimestre da gravidez é o mais delicado de todos. Nesta fase ocorre a formação do feto, é a fase em que ocorre a formação de todos os órgãos. Os cuidados com o uso de produtos e medicamentos é fundamental para que não ocorram má-formações no feto. Neste período, as mudanças estruturais ainda são discretas. Inicia-se um processo de acúmulo de líquidos e uma leve distensão abdominal. Pode-se dar início às sessões de drenagem linfática, mas não é recomendado drenar a região abdominal durante a gestação, embora a circulação linfática esteja localizada num plano bem acima do útero.

Sessões mensais de limpeza de pele e hidratação da pele também estão recomendadas desde o início. A escolha dos produtos deve ser bem cuidadosa e a preferência deve ser por cosméticos naturais.

O uso do filtro solar é obrigatório. As alterações hormonais da gestação propiciam o aparecimento de manchas chamadas melasmas. São manchas escuras em forma de asa de borboleta, localizadas principalmente na face. Uma vez instaladas, sua remoção é bastante complicada e trabalhosa, portanto, prevenir é o melhor remédio.

O uso de medicamentos e cosméticos deve ser discutido com o obstetra. Uma questão muito interessante é a química nos cabelos. É um consenso geral que ela deve ser evitada até o terceiro mês de gestação, porém muitos obstetras liberam o seu uso a partir daí: conversar com seu médico é fundamental, pois de repente não vai ser necessário manter incômodas divisões de cores nos cabelos.

No segundo trimestre da gestação o bebê já está praticamente todo formado e as mudanças corporais na futura mamãe já são maiores e mais evidentes: ocorre o aumento do volume do abdomen, o aumento da retenção de líquidos (inchaço de pernas e pés) e o aparecimento de varizes.

Para as varizes recomenda-se o uso de meias elásticas a partir desta fase, pois a gestante tem uma incidência maior de apresentar trombose nas pernas.

O eixo de equilíbrio do corpo também muda e passa a ser localizado anteriormente, com isso, o caminhar da gestante passa a ser pendular (parece o caminhar de um patinho) e a coluna é projetada para a frente aumentando a lordose da coluna. Por isso, além de continuar com todos os cuidados tomados no primeiro trimestre, deve-se fazer o fortalecimento da musculatura e sessões de RPG para melhorar a posição da coluna.

A partir desta fase deve ser feita a estimulação da pele do abdomen e, também a estimulação dos mamilos: a estimulação da pele do abdomen se dá através de manobras de massagem localizada com movimentos de pinçamentos, esta técnica visa estimular a circulação local e com isso reduzir o aparecimento das estrias. O uso de óleo de amêndoas também deve ser feito diariamente; cremes a base de uréia, vitamina E e óleo de semente de uvas também podem ser ótimas opções de hidratação.

Os mamilos devem ser massageados para a formação do bico e, assim facilitar a amamentação. Cuidado: o uso de creme hidratante nos mamilos não é recomendado, pois o creme irá tratar do mamilo, deixando-o com a pele suave e macia. O ideal é que o mamilo fique com a pele mais grossa e resistente, para evitar que a mamãe sofra com o aparecimento de fissuras durante o período de amamentação. O uso de bucha de banho nos mamilos e o banho de sol nesta área também está recomendado.

A partir desta fase a drenagem linfática nas costas deve ser feita lateralmente, ou seja, com a gestante deitada de lado. Além disso, para dormir, a gestante deve permanecer deitada de barriga para cima ou de lado voltada para a esquerda. Isso é muito importante, pois o ato de deitar do lado direito leva a uma compressão da artéria uterina e isso acarreta uma diminuição do batimento cardíaco do bebê.

O terceiro trimestre é o mais cansativo dos três.

O aumento do peso corporal e desequilíbrio da postura levam a um desgaste físico grande. Nesta fase, a gestante encontra dificuldades para fazer atividades corriqueiras como andar, dirigir, dormir e até respirar, devido à compressão do pulmão feita pelo aumento do útero.

A preocupação com o ganho de peso é fundamental para a melhor recuperação no pós-parto. A partir desta fase, a gestante passa a se programar para o parto. Os cuidados estéticos do terceiro trimestre incluem sessões de drenagem linfática com uma frequência maior, chegando até 3 vezes por semana. Proteção solar, limpeza de pele mensal e hidratação profunda do corpo para evitar as estrias(nesta fase ocorre a instalação delas) são essenciais.

Os cabelos devem receber cuidados especiais como hidratação. Durante a gestação é comum a queda de cabelo, portanto, evitar o excesso de química está mais do que recomendado. Conversar muito com o obstetra é fundamental.

A gestação é um momento único, divino e deve ser muito bem aproveitado e vivido intensamente.

Com pequenos cuidados, todas as mulheres podem ser lindas mamães.

Após o parto e após o período de amamentação os tratamentos estéticos estão liberados, mas é preciso lembrar que a gestação é um período de mudanças corporais, por isso é preciso entender essa fase maravilhosa e não ser muito exigente com o corpo.

Fonte: Tom Prates
Comunicação Organizacional - Scorpios Medicina Estética
(11) 6163-8899